sanches + papelaria

“Hoje a prática artística aparece como um campo fértil de experimentações visuais e sociais, como um espaço parcialmente poupado a uniformização dos comportamentos” - Bourriad, 2009

O desenvolvimento das práticas contemporâneas prossegue na luta da modernidade. A colaboração entre o artista sanches e o escritório de design papelaria busca a missão subjacente da arte; um projeto moderno de transformação de cultura, das formas de pensar, das condições da vida humana individual e social.

A pesquisa morfológica deste ato criativo se estende para além do estudo das estruturas e formação das palavras e objetos, abrangendo uma constituição de sistemas sociais, estéticos, arquitetônicos e conceituais. Propondo assim, modelos perceptivos, geradores de experiência, de críticas e de participação.

Caligrafia e escrita, aliadas ao design e o papel, reafirmadas à exaustão, sinalizam a crença na potência do diálogo – que não mais se dá apenas no escopo das intenções, mas sim num novo território possível, onda as elaborações poéticas da linguagem se tornam, finalmente, parte do mundo real: concretas e tangíveis através de sua prática, uso e reflexão artística.